Home Arquivos para Download Orientações de como Preparar a Oração dos Fieis

Orientações de como Preparar a Oração dos Fieis

 

 

A ORAÇÃO DOS FIÉIS

 

1. O QUE É UMA ORAÇÃO DOS FIÉIS?

A ORAÇÃO DOS FIÉIS ou Oração Universal é uma resposta imediata à Palavra de Deus proclamada na celebração. Essa resposta é feita mediante a oração de LOUVOR e de PEDIDO. Tanto uma dimensão como a outra deve ajudar a Assembléia reunida a fazer da Palavra a prece comum do povo de Deus reunido. Este, por sua vez, dará sua resposta explícita com uma invocação comum (por exemplo: Senhor, atendei a nossa prece), ou rezando em silêncio.

É o momento em que os fiéis exercem sua missão sacerdotal, elevando a Deus seus pedidos pela salvação de todos.

2. PARA QUEM REZAR?

A Instrução Geral do Missal Romano diz: “Convém que, normalmente, se faça esta oração nas missas com o povo, de tal sorte que se reze pela santa Igreja, pelos governantes, pelos que sofrem necessidades, por todos os seres humanos e pela salvação do mundo” (IGMR, 69). E as Instruções continuam: “Normalmente serão estas as séries de intenções:

a) pelas necessidades da Igreja;

b) pelos poderes públicos e pela salvação de todo mundo;

c) pelos que sofrem qualquer dificuldade;

d) pela comunidade local.

No entanto, em alguma celebração especial, tal como confirmação, matrimônio, exéquias, as intenções podem referir-se mais estritamente àquelas circunstâncias” (IGMR, 70).

3. COMO ELABORAR E PROCLAMAR A ORAÇÃO DOS FIÉIS PARA A MISSA PAROQUIAL?

1°) Como tudo na Liturgia católica, também a Oração dos Fiéis deve buscar iluminação na PALAVRA DE DEUS, especialmente aquela que é anunciada no rito celebrativo. É ela a fonte inspiradora de oração. Por isso, quem prepara as preces deve - como qualquer outro (a) ministro (a) que atuará na celebração da Missa - LER, ESTUDAR, REFLETIR E REZAR os textos bíblicos do dia, especialmente o Evangelho. A partir daí, fazer uma bela ligação entre a Palavra e a vida, tendo sempre em vista as necessidades mais prementes do Povo de Deus e de toda a humanidade, sem esquecer os problemas enfrentados pelo Brasil, Paraná, Maringá e nossa região.

2°) A prece dos fiéis deve ser OBJETIVA, CONCISA E PRECISA. Nada de explicitações ou explicações. Nada de rodeios ou discursos. Em poucas palavras, o (a) precista eleva a Deus, por meio de Jesus Cristo, no Espírito que ora com a Assembléia reunida, os clamores, as necessidades, os louvores e os agradecimentos de toda Igreja.

3°) No término de cada prece, o  (a) precista diz: REZEMOS AO SENHOR, mesmo que a assembléia cante a resposta.

4°) Quando se reza pela Igreja local, é bom estar atento aos grandes eventos que ocorrem na Arquidiocese e rezar por eles.

5°) Estar atento (a) aos problemas mundiais, nacionais e regionais porque também eles são motivações de nossas preces e devem ser trazidos em forma de oração para o clamor da assembléia, que aqui exerce sua missão de intercessora diante de Deus.

6°) A Oração dos fiéis deve nos educar na dimensão comunitária da oração, por isso evite-se intenções de caráter meramente pessoal.

7°) Também não deve prejudicar o ritmo normal da celebração, por isso evite-se um número grande de intenções. Seguindo os “EXEMPLOS DE FORMULÁRIOS PARA A ORAÇÃO DOS FIES” do Missal (Cf.págs. 1005 e ss.), limitar-nos-emos a 4 (quatro) intenções proclamadas pelo (a) precista.

- NOTA: O (A) precista subirá ao presbitério, tomará lugar no ambão, quando todos estiverem pronunciando o AMÉM da Profissão de Fé. Após a introdução do Presidente da celebração, proclamará as intenções, a viva e clara voz. Ao final, voltar-se-á ao Presidente para acompanhar a conclusão. Após o Amém da oração conclusiva, feita pelo Presidente, o (a) precista fará reverência para o altar e voltará ao seu lugar de origem.

8°) Adotamos duas modalidades para a formulação e proclamação das intenções na Oração dos fiéis. FORMULAÇÃO 1: A que normalmente fazemos. Aquela que o (a) precista formula a intenção de uma maneira corrente e continuada. Por exemplo: Pela Igreja de Deus, para que Ele a governe, proteja e sustente, rezemos ao Senhor. Ou: FORMULAÇÃO 2: É aquela em que o (a) precista faz, em primeiro lugar, o direcionamento da intenção, dá um tempinho de silêncio e, a seguir, pronuncia o restante do pedido e/ou louvor. Por exemplo: Rezemos pela Igreja de Deus (brevemente, reza-se em silêncio, mais ou menos um meio minuto): Para que o Senhor lhe dê paz e unidade. Terminada a formulação do (a) precista (porque o convite “rezemos” já foi feito no início da prece!), a Assembléia, de imediato, proclamará a resposta própria.

(NOTA: Quanto a formulação 2, podemos reservá-la para as Solenidades ou uma outra ocasião especial).

4. ALGUNS EXEMPLOS DE FORMULÁRIOS PARA A ORAÇÃO DOS FIÉIS

  • FÓRMULA GERAL, I

 

1)- Pela santa Igreja de Deus, para que ele a proteja e a sustente, rezemos ao Senhor.

2)- Por todos os povos do mundo, para que Deus os conserve em paz, rezemos ao Senhor.

3)- Por todos os que padecem dificuldades, para que Deus os conforte, rezemos ao Senhor.

4)- Por nossa comunidade e cada um de nós, para que Deus nos aceite como oferenda agradável, rezemos ao Senhor.

  • PARA O ADVENTO

 

1)- Para que visite e guarde sua Igreja, rezemos ao Senhor.

2)- Para que derrame os dons de sua graça sobre o Santo Padre, o Papa, sobre o nosso Bispo, rezemos ao Senhor.

3)- Para que, sob sua proteção, gozemos dias tranqüilos, invoquemos ao Senhor.

4)- Para que dirija, a serviço do bem comum, os corações daqueles que governam, rezemos ao Senhor.

  • PARA O NATAL

 

1)- Pela Igreja de Deus, para que acolha com fidelidade e alegria aquele que a Virgem imaculada concebeu pela palavra, rezemos ao Senhor.

2)- Pelo progresso e a paz do mundo, rezemos ao Senhor.

3)- Pelos que padecem fome, doença ou solidão, para que o mistério do Natal os conforte, rezemos ao Senhor.

4)- Pelas famílias de nossa comunidade paroquial, para que acolham Cristo no pobre, rezemos ao Senhor.

  • PARA A QUARESMA, I

 

1)- Por todo povo cristão, para que neste tempo sagrado se alimente com maior abundância de toda  palavra que sai da boca de Deus, rezemos ao Senhor.

2)- Pelo mundo inteiro, para que nossos dias tornem-se realmente na tranquilidade e na paz tempo de graça e salvação, rezemos ao Senhor.

3)- Pelos pecadores e indiferentes, para que se voltem a Deus, rezemos ao Senhor.

4)- Por todos nós, para que se desperte em nossos corações a contrição dos pecados, rezemos ao Senhor.

  • PARA O TEMPO PASCAL

1)- Pelos nossos pastores, para que possam governar com sabedoria o rebanho que lhes confiou o Bom Pastor, rezemos ao Senhor.

2)- Pelo mundo inteiro: para que goze verdadeiramente da paz que o Cristo nos deu, rezemos ao Senhor.

3)- Por nossos irmãos e irmãs que sofrem, para que sua tristeza se transforme na alegria que ninguém pode tirar, rezemos ao Senhor.

4)- Pelos membros desta assembléia, para que testemunhemos com grande confiança a Ressurreição de Cristo, rezemos ao Senhor.

  • PARA O TEMPO COMUM, I

 

 

1)- Pelo Santo Padre o Papa ......, nosso Bispo ...... e todo o clero, com todo povo de Deus confiado a seus cuidados, rezemos ao Senhor.

2)- Pelos governantes e seus auxiliares, que cuidem do bem comum, rezemos ao Senhor.

3)- Por todos os viajantes, pelos detentos ou prisioneiros, rezemos ao Senhor.

4)- Por esta santa assembléia, reunida com fé e devoção, no Amor e temor de Deus, rezemos ao Senhor.

Comunidade Paroquial Cristo Ressuscitado

Pastoral Litúrgica, fevereiro de 2009.

 

 

Fique Ligado!
Link para o livro completo "A Igreja que brotou da mata" em PDF
Clube da Evangelização
Clube da Evangelizacao
Clube da Evangelizacao
Noticias Bento XVI
Noticias - Bento XVI
Noticias - Bento XVI
  • No Angelus, Papa Francisco anuncia viagem à Terra Santa
    O Papa Francisco fará uma peregrinação à Terra Santa no período de 24 a 26 de maio deste ano. O anúncio foi feito pelo próprio Papa, neste domingo, 5, após a oração mariana do Angelus.

    Francisco informou que a viagem terá três etapas: Amã, Belém e Jerusalém. Desde já, ele pede ...
  • Conheça as intenções de oração do Papa Francisco para janeiro

    Nas intenções do Papa Francisco para este primeiro mês do ano estão o autêntico desenvolvimento econômico e a unidade dos cristãos.

    Como intenção geral, o Santo Padre reza "para que seja promovido um autêntico desenvolvimento econômico, respeitoso da dignidade de todas as pessoas e de todos os povos".< ...

  • Confira as celebrações com o Papa Francisco no último dia de 2013
    O Ano Novo se aproxima e, no Vaticano, fiéis preparam-se para as celebrações com o Papa Francisco neste último dia de 2013 e nos primeiros dias de 2014.

    Nesta terça-feira, 31, véspera de Ano Novo e solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, o Pontífice preside as primeiras vésperas e o Te Deum em ag ...