Home Palavra do Sacerdote Deus tem Palavra!

Deus tem Palavra!

Normalmente, quando alguém é cumpridor da palavra dada, dizemos assim: “O fulano é pessoa de palavra”. Falou e garante a sua palavra. Falou e cumpriu. Ele não volta atrás. À qualidade de quem cumpre a palavra dada denominados de fidelidade, coerência, sinceridade, lealdade. Se assim qualificamos as pessoas cumpridoras da palavra dada, imaginem o que devemos dizer de Deus! Multipliquemos esses qualificativos ao infinito e aí teremos o resultado do modo de Deus ser e agir na história humana.

Homens e mulheres, atentos à fidelidade da palavra de Deus, fizeram questão de documentar tudo aquilo que lhes foi possível em um livro, ou melhor, em livros, que denominamos Bíblia. Por isso, esses livros são chamados de “Palavra de Deus”.

Bíblia é uma palavra grega que significa livros. Uma coleção de livros. Uma verdadeira biblioteca. Nessa coleção deparamos com uma experiência viva de fé. De um lado, uma proposta divina. De outro, uma resposta humana, com seus altos e baixos, seus encontros e desencontros.

Na Bíblia deparamos com duas questões fundamentais: Ela revela quem é Deus e quem é a humanidade.

Quem é Deus para a Bíblia? É aquele que caminha com a humanidade, oferecendo tudo aquilo que é necessário para que o paraíso aconteça aqui na terra. Ele fez questão de misturar-se com os seres humanos, descendo das alturas e aliando-se aos oprimidos. O Deus da Bíblia é aquele que indica o caminho da verdadeira e plena vida para todos. Por isso, ele propõe. Se a pessoa humana aceita a proposta, Ele torna-se parceiro fiel e eterno de caminhada.

Quem é a humanidade para a Bíblia? A Bíblia descreve de uma maneira muito realista a raça humana. Ali encontramos uma descrição nua e crua do ser humano. Sem medo de nada, com um realismo nunca visto, as Escrituras mostram a bondade e a perversidade existentes dentro da vida humana: acertos e desacertos; tropeços e teimosia; solidariedade e egoísmo; fechamento e buscas; boa vontade e má vontade.

Na Bíblia encontramos o drama da vida humana. Ela espelha tudo. Ali está a nossa história. Nela encontramos a palavra fiel de Deus misturada às palavras infiéis da humanidade de ontem e de hoje. Ela nos ensina a ler, na vida e nos acontecimentos, o sim e o não com que podemos responder a Deus e ao seu projeto de felicidade plena. Nela descobrimos a palavra que Deus deu sobre a vida humana e sobre a vida do universo. E ele é fiel à palavra dada. Ele é pessoa de palavra. Ele deu-nos a Palavra feita gente, na pessoa de Jesus Cristo: “A Palavra se fez homem e veio e veio estabelecer morada entre nós” (Jo 1, 14).

Pe. Júlio Antônio da Silva

Fique Ligado!
Link para o livro completo "A Igreja que brotou da mata" em PDF
Clube da Evangelização
Capa do Portal